domingo, 16 de maio de 2010

AÇÃO CONJUNTA ENTRE GCM´S DE AMERICANA, STA BÁRBARA E PIRACICABA



A ação rápida de guardas municipais de Americana e Santa Bárbara D'Oeste, com apoio da Guarda Civil de Piracicaba, ontem de manhã, resultou na prisão de dois piracicabanos, acusados de roubar uma casa, disparar dentro de um dos cômodos e, em seguida, roubar um carro no Hospital Municipal daquela cidade.
Os dois fugiram para Piracicaba pela SP-304, rodovia Luiz de Queiroz, foram perseguidos por cerca de 20 viaturas, entre guardas e policiais militares das duas cidades e, na entrada do Horto Florestal, no Distrito de Tupi, bateram o carro num poste quebrando-o ao meio.
Como já estavam dentro da área de Piracicaba, os dois foram levados para o 6° DP. A Gazeta conversou com o dono da casa, que disse que lavava o abrigo por volta das 9h30 de ontem, quando a dupla chegou armada de revólveres e invadiu seu sobrado, no bairro Werner Plass - rua Parati - em Americana.
A vítima contou ainda que teve de deitar-se de bruços na escada e ficar imóvel. Um dos ladrões foi para o andar de cima e o outro ficou embaixo revirando tudo em busca de fitas adesivas para imobilizar o dono da residência. Em pouco tempo em que ficaram lá, um dos criminosos disparou a arma, mas acertou o chão.
Segundo apurou a Gazeta, a intenção da dupla era levar o dono da casa como refém. “Quando vi que o cara que estava na parte de baixo de casa se distraiu, olhei para o portão eletrônico e, como ele está com defeito, ficou um vão que dava para eu passar. Daí saí correndo para a rua”, declarou.
Ao perceber que a vítima havia escapado, a dupla pegou algumas jóias da dona da casa e saiu correndo. Perto dali, no Hospital Municipal, pegaram um Ômega de uma mulher que saía do local. A polícia foi acionada e os guardas municipais Passos e De Oliveira, que estavam em patrulhamento pela avenida Cillos, em Americana, ouviram a mensagem via rádio e viram quando o Ômega entrou na SP-304, sentido Piracicaba.
A mulher da vítima, que estava trabalhando na hora do assalto, disse que quando chegou em casa o marido estava em estado de choque. “Ele tremia muito, estava branco e mal conseguia contar o que aconteceu”, declarou ela.
FUGA. Quando a dupla pegou a rodovia, segundo o GM De Oliveira, foi feito contato com a rede e a Guarda de Santa Bárbara D’Oeste, que se juntou aos demais para fazer o cerco. “No meio do trajeto, os dois saíram da pista entrando no Horto. Foi quando bateram o carro no poste”, disse.
De Santa Bárbara vieram os guardas Guilherme e Klaus, que chegaram junto com a primeira viatura. Um dos ladrões, segundo a GM, ficou ferido ao receber estilhaço de vidro no olho.
O delegado Haroldo Fernando Amaral, titular do 6º DP de Piracicaba, autuou os dois, que moram no Piracicamirim e Nova América, por roubo consumado, porte de arma e disparo de arma de fogo. Segundo a polícia, ambos têm passagem pela Justiça.

Fonte
ANA CRISTINA ANDRADE

Da Gazeta de Piracicaba
ana.andrade@gazetadepiracicaba.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário